quinta-feira, 25 de novembro de 2010

1 Ano de Aineww!!!!

E aí galera, como estão vcs? Esperamos que bem..hehe
Hoje estamos aqui pra compartilhar uma alegria muito grande com vcs.
Nesse mês de novembro o Ministério Ainew completou um ano de existência.
Graças sejam dadas aquele que merece todo louvor, toda glória e toda honra. Ele é o motivo da existência deste ministério, por Ele nós nos dispomos a levar a palavra através dos louvores.
Muitas bençãos recebemos através deste ministério, e cremos que muitas pessoas foram edificadas também.
Pra você que gosta deste ministério, pedimos que ore por nós, são muitas lutas! Ore, assim você ajuda este ministério também.
Muitos projetos e sonhos Deus tem colocado no nosso coração, e cremos que o melhor de Deus está por vir sobre nós!!
E é isso ai, muito obrigado a todos que contribuiram de alguma forma com esse ministério.
Deus Abençoe vocês!!!!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Amar a Deus.

Domingo na igreja deram uma lição falando sobre sabedoria, e geralmente quando o usam esse termo, não há como não citarem o livro dos Provérbios.
Pois é, mandaram abrir em um texto neste livro, e eu abri. Aí folheando o livro, cheguei ao capitulo 3 versículo 7, onde achei um texto q mexeu comigo. Dizia:

..."lembre de Deus em tudo que fizer, e Ele lhe mostrará o caminho...”

Viajei neste versículo. Comecei a pensar, quando agente gosta de alguém , agente sempre lembra da pessoa em tudo que vamos fazer, nossas decisões passam a ser baseadas na opinião da pessoa, pelo simples fato de que quando você realmente gosta de alguém você faz de tudo pra não magoar ou chatear a pessoa. Pensei> será que nós somos assim com Deus? Na maioria das vezes Não!

O que acontece é que nós muitas vezes meio que, excluímos Deus em certas áreas das nossas vidas. Muitas pessoas só têm algum envolvimento com Deus aos domingos, quando freqüentam alguma igreja. Já vi tanta gente falando: “o melhor de Deus está por vir na minha vida”, mas na maioria dos casos eu não via nenhum envolvimento real com Deus. To cansada de ver pessoas buscando a Deus em troca de algo.

Nós precisamos entender que Deus quer se envolver conosco, ele quer um relacionamento real, intimidade, amizade, quer que agente o ame pelo o que ele é, e o que representa pra nós. Às vezes nós não percebemos que Deus quer fazer parte das nossas vidas, somos inseguros, e queremos sempre seguir nossos desejos.

Vale citar o versículo de Marcos 12:30:
“Ame o Senhor, seu Deus, com todo o coração, com toda a alma, com toda a mente e com todas as forças.”
Amar a Deus com toda a alma, mente e coração significa amar a Deus com tudo o que você é! Com tudo o que você tem! Sem reservas!!


É isso gente!! Quero dizer pra vc que não tem, busque um relacionamento real com Deus, se envolva de fato com Ele, ele mostrará os caminhos pro seu coração.
Abraço!!
Rayanne Marques.
Fonte>>
www.rayannepires.blogspot.com

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Fotos Alto Cine.

No dia 7 de setembro estivemos em Alto Rio novo, participando do Alto cine. Graças a Deus foi tudo muito bom, e deixamos nossos agradecimentos especiais a Drica, o Julli, Welker, Arthur, a galerinha das Igrejas Presbiteriana e Batista e a todas as pessoas que estiveram presente no evento, o nosso muito obrigado!! Confiram ai algumas fotos:









sábado, 28 de agosto de 2010

Radio Ondas de Paz

No último dia 18 estivemos visitando a Rádio Ondas de Paz, em Alto Rio Novo. Falamos um pouco sobre o ministério e cantamos a música que ja está tocando na rádio, Aqueças meu coração.

Nós agradecemos a Drica que tem sido benção em nosso ministério, por ter nos recebido e proporcionado esta oportunidade, agradecemos também ao Marcelo e o Josué pela oportunidade e pela recepção q tivemos. Deus abençoe vocês grandemente!!!

Vlw por tudo gente!!

Rayanne Marques

domingo, 8 de agosto de 2010

Você tem sede de quê?

Hoje eu vou contar uma história que talvez vc já conheça. Mas eu quero te desafiar a entrar comigo mais a fundo no principio q essa historia engloba. Jesus um dia disse pros discípulos que estava com sede. Eles então, prontamente disseram “Mestre, fica frio, a gente pega água”. Jesus continuou “Pois é, mas eu quero a água do poço de Jacó”. Sabe a quantos quilometros ficava esse tal poço de jacó? 100 km.

Quem é que diz que tem sede e aguarda horas até beber água? Ou é alguém que não ta bem da cabeça (já que ele tinha água perto dele) ou alguém que tem outra coisa em mente. A sede de Jesus era de salvação. Os discípulos ficaram confusos, pensando “mas como é que ele, mesmo com sede, está disposto a caminhar tantos quilometros?”. Mesmo confusos, os discípulos foram até la e chegando no poço de Jacó, Jesus, esperto disse: “Ta na hora do almoço, vão todos as compras hoje”. Quem ia as compras normalmente era Judas, não era necessário que todos fossem. Mas Jesus fez isso, sabe pq? Ele queria se ver livre dos discípulos pra poder alcançar uma mulher. Não era qualquer mulher. Era mulher, era samaritana, tinha tido 6 maridos, o atual não era dela. (Já ouvi pregadores dizendo que essa mulher era prostituta, mas em lugar nenhum da bíblia diz isso. A situação dela era ruim por si só, não precisamos piorar).

Voltando aos discípulos, la foram eles às compras e eu quero acrescentar uma coisinha aqui.. João foi o único que se atreveu a escrever isso, os outros nem isso escreveram. Já reparou nisso? João tinha, de todos eles, o coração mais perto do coração de Jesus. Não mais perto em termos físicos, é mais perto em termos de semelhança de caráter. João ousa mais e ainda conta, que quando eles voltaram das compras e viram Jesus falando com aquela mulher nenhum deles se atreveu a fazer nenhum comentário, porque aquilo era demais pra eles. Escândalo. Olha a religiosidade aí.

Em outras palavras, sabe o que Jesus disse com essa atitude? “Vão-se embora daqui, não preciso da sua religião bloqueando meu processo de cura com essa mulher! Afastem-se um pouco, pq se não, não vou conseguir alcançá-la, pq vcs, com o tanto de julgamentos e comentários que fazem, com as opiniões q tem sobre ela, vão afastá-la de mim. E essa mulher anda a procura da verdade”

Depois de tudo que aconteceu, vcs sabem o que aquela mulher fez. – detalhe que ELA NÃO ERA do ‘time’ dos DISCIPULOS – Ela correu pra Samaria e querendo arrastar tds com ela, disse “venham conhecer um homem q me aceitou como eu sou. Que não me condenou, que me perdoou, que teve a revelação de tudo e AINDA ASSIM, me amou”

Que discípulos são essees, que precisam ser afastados pra não atrapalhar a obra? Muitas mulheres, nesse exato momento que vc lê esse texto, estão por aí se prostituindo e dizendo “Deus, se vc existe, muda minha vida”.

Jesus procura pessoas com sede, seja onde for. No lixo, nas drogas, na mentira, na prostituição… não sei em qual Samaria vc tem medo de ir. Mas Jesus iria. Jesus foi.

Uma pessoa transformada, trouxe uma MULTIDÃO com ela. Três perderam tempo julgando UMA. UMA foi transformada e ganhou uma multidão. A matemática do Reino é essa. Pouco tempo pra subtrair e muitas almas a somar. Almas, almas, almas, mate a sede de Jesus com almas!!

Fonte: www.naomordamaca.com

Fotos Influenciando por canções.



















Deus falou poderosamento conosco nesse trabalho. Agradeçemos ao Pastor Thompson pela oportunidade e a igreja batista fogo para as nações por nos ter recebido tão bem.
Deus abençoes vocês!!

terça-feira, 27 de julho de 2010

segunda-feira, 26 de julho de 2010

O que estamos fazendo no periodo de louvor???

E aí Galera, passando por aqui pra deixar uma postagem muito boa que encontrei no http://www.naomordamaca.com/ .
Que Deus Abençoe vocÊs atravês dessa postagem.

Abraço!
Rayanne Marques

O que estamos fazendo no periodo de Louvor???

Já passei diversos periodos de louvor simplesmente cantando a música e não louvando.
Conhecia a letra e estava acostumado a ela, então simplesmente abria a boca e cantava, vezes olhando pra trás, vezes sorrindo com piadinhas dos amigos ao redor, vezes observando os músicos. Quando tocava “aquela” música chata q não gostava eu simplesmente ia para o fundo para beber água ou ver algum outro perdido (como eu) “prá módi nóis cunversá”. Sem contar os dias q chegava na igreja carregado de pecados da semana e na hora do louvor eu fugia.
Muitas vezes ouvi a expressão: “Eu cheguei atrasado mas perdi “só” o louvor……a palavra eu peguei!”JESUS CRISTOOOO!! Q q é isso??? Me dói o coração ouvir isso!!!
Acho q este é um caso comum para muitos de nós. Acredito q vc conseguiu encaixar-se em algum desses exemplos (ou parecido). Se não conseguiu, este post não é pra vc! hehehe.

Bom, se vc se encaixa, quero então abordar esse tema: Afinal de contas, o que estamos fazendo no periodo de louvor???

A biblia nos diz:
"Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem."
Vamos estudar um pouquinho este versículo.
Verdadeiros Adoradores: Se diz verdadeiros é pq existem os falsos!
Admito q por muitas vezes eu fui um “adorador de plástico”, falso, mentiroso!
JESUS disse: “Este povo se aproxima de mim com a sua boca e me honra com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim.” (Mateus 15:8).
Ai!!! Isso dói!! Mas é assim q muitas vezes eu me sinto, um falso adorador.
Graças a misericórdia e graça de DEUS q nos alcança e nos envolve fazendo-nos voltar a cumprir nosso chamado: Ser um adorador!
Espirito
: Note q no versículo, o “e” de espirito encontra-se com a letra minúscula, logo indica q é o nosso espirito. Se fosse o Espirito Santo, estaria escrito com “E” maiúsculo como lemos em Gálatas 5:16-18.
Neste caso, como adoramos em espirito?R: Quando estamos caminhando em direção à santidade de DEUS! Preste atenção, não estou dizendo q é preciso ser perfeito, até pq “esso non ecziste”!!! A bíblia mesmo nos diz:
Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós.Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós.
Somos pecadores e semanalmente pecamos!! Vc pode ter cometido pecados durante sua semana mas, se vc está com um coração quebrantado e um espirito contrito (Salmos 51:17) então estará no caminho da santidade. Para entender melhor, vejamos o seguinte versículo:
Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.
I João 3:9

A primeira vez q li este versículo eu tomei um susto!!!
Na hora eu pensei: “Se quem nasce de DEUS não comete pecado…… MEU DEUS!!!! Eu não sou nascido de DEUS!!! Nem 100% dos meus amigos!!!”
No entanto, “comete pecado” é um infinitivo presente ativo, q subentende ação contínua! João enfatiza q quem realmente nasceu de DEUS, não pode continuar a viver pecando conscientemente, pq a vida de DEUS não pode permanecer em quem vive na prática do pecado!Resumindo esta parte, adorar em espirito é manter seu próprio espirito no caminho (buscando a) da santidade.
Em verdade: Onde encontramos a verdade? Óbvio, na bíblia! Então devemos adorá-lo baseado na bíblia!Podemos adorar a DEUS e a mamon?(Mateus 6:24) NÂO!!! Pq a bíblia nos diz!Uma coisa q me dá calafrio e digo q abomino com toda minha alma é cantar musicas q não de adoração e sim de petição!

Nossa, isso me deixa loco da vida! Os crente fica cantando, “me dá”, “me abençoa”, “me unge”, “dá tua promessa”, bla bla bla!!!! Já escrevi em um outro post q até onde sei, a música na bíblia era para adoração, para exaltar SUA santidade, SUA magestade, SEU poder, SUA glória, SUA bondade…. (Aleluia!!!) não para fazer petições a DEUS! Vejo q a igreja tem criado um bando de mendigos espirituais!!! SOCORRO!!!Por isso q falo, adore em verdade segundo a bíblia, ADORE e não PEÇA NADA!!!!
O PAI procura a tais q assim o adorem: Já imaginou isso??? DEUS está procurando!!! Vc já perdeu alguma coisa? Qndo vc perde algo, inicia-se uma busca cautelosa, canto por canto, em baixo da cama, atrás do sofá………… Se DEUS está procurando, significa q ESTÁ DIFÍCIL ENCONTRAR!!!!!!
Observemos tb o estilo do culto contemporâneo. Geralmente é assim:
- Oração
- Louvor
- Dizimo e Ofertas
- Palavra
- Oração
- Fim
Separando os 2 periodos mais importantes temos o Louvor e a Pregação. A explicação simples para cada uma dela é:
Louvor: Momento de dar a DEUS
Palavra: Momento de receber de DEUS
O periodo do louvor e adoração é o momento em q lhe damos o nosso coração, q cantamos com gratidão ou simplesmente lhe confessamos o pecado (o q tb é adoração!).
Não consigo imaginar q no periodo da pregação o SENHOR DEUS vire para o lado e diga: “Gabriel, corra, pegue uma caneta e um papel pois preciso anotar essa palavra!
Acredito q vai ser tremenda! Vai mudar meu coração!!! Vai me levar mais perto de…. de…… de…….. de mim mesmo!!!”
E temos coragem de dizer “perdi só o louvorrr…” ?????
Outro fato é qndo estamos lá na frente e toca aquela música q não gostamos. Então resolvemos enrrolar ou ir passear ou nos distrair com alguma outra coisa. Entendo q existem musicas q realmente são chatas, cada um tem um gosto, mas a música é PRA ELE não pra nós!!!! Qndo acontece isso, aprendi a prestar mais atenção ainda na letra da canção e busco dizê-la olhando nos olhos de JESUS.
Acaba virando um verdadeiro “sacrificio de louvor”.
O louvor não é pra me agradar é pra agradar a ELE!
Uma pergunta q me deixa doido é: “E ae? Como foi o louvor?”
JESUS querido! “Pergunta pra ELE!!! O louvor e adoração foi pra ELE não pra mim! ELE é quem tem q responder se foi bom ou não.”
Eu detesto essa pergunta! Pelo simples fato de o louvor não ser pra mim nem pra vc e sim pra ELE!!
Por fim, nosso louvor e adoração tem q ser para agradar a ELE não a nós! Tem q ser adoração e não petição, tem q ser em espirito e em verdade, tem se ser de todo nosso coração, tem q ser apaixonado!
“Seu eu TE adorar por medo do inferno, queima-me no inferno.Se eu TE adorar pelo paraíso, exclua-me do paraíso.Mas se eu TE adorar pelo que TU és, não esconda de mim a Tua face!”

sábado, 19 de junho de 2010

Adoração Vs. Música.

Música sem ESPIRITO SANTO é mero barulho, música com o ESPIRITO SANTO é adoração!
Várias vezes me pego no meio do louvor cantando uma música em vez de adorar. Sabemos aquela música de cór então vamos cantando de boa. Enquanto cantamos, damos uma conferida se nosso amigo chegou, reparamos na roupa nova da menina, prestamos atenção nas viradas do batera ou no solo do guitarrista, nos assustamos com o novo penteado de um irmão….etc…. tudo isso enquanto cantamos uma música na igreja. Nossas mãos já sabem, é só bater palma!
Acho que a diferença entre alguém que está adorando e que está cantando é a posição referente ao chão.
Quem chega no culto pra adorar mesmo, começa a decolar logo na primeira música. Quando menos espera, ele já tá lá no céu perto de JESUS.
Por outro lado, quem chega pra cantar uma música, fica estacionado no chão. Com o tempo começa a achar as músicas chatas e repetitivas.
Ele até pensa:
“Nossa, não gosto dessa música….”
Baseado nesse pensamento, eu pergunto:
“Quem disse que a música foi feita pra agradar vc???”
A música foi feita para adorar a DEUS e não pra fazer cócegas em vc!
Creio q é por isso q JESUS disse:
Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. – João 4:23
Se o PAI procura, é pq está difícil de encontrar!O q diferencia música de adoração é o seu coração conectado com JESUS através do ESPIRITO SANTO!
É ELE q vai te ajudar a transformar sua música em verdadeira adoração!
Outra coisa pela qual passei é o desejo de querer sentir algo. Tipo, eu media se DEUS estava gostando analisando o q eu sentia em meu corpo físico….. Cantava com intensidade e emoção a medida q me sentia “tocado”.Meu, isso é muito feio!
É como barganhar com DEUS! “PAI eu te adoro e vc me toca blza?”
Vc não tem q adorá-lo pelo o q ELE faz e sim pelo o q ELE É!!!!! Vc não precisa sentir nada para adorá-lo!
Mas de agora em diante qndo chegar na igreja, pense: “Vou cantar ou vou adorar?”

Que nós sejamos encontrados como verdadeiros adoradores!

quarta-feira, 19 de maio de 2010

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Testemunho de Jeremy Camp.


Muitas vezes quando vemos os artistas de nossa geração pensamos que eles levam uma vida fácil e sem problemas. Isso geralmente acontece porque apenas o conhecemos pela música que eles cantam ou pelo que a mídia nos oferece.
Assim, esquecemos de levar em consideração que eles são tão humanos quanto nós e passam por problemas que muitas vezes abalam a fé.
A história de Jeremy Camp nos mostra que Deus está sempre presente, mesmo nos momentos mais difíceis.
Antes de lançar seu primeiro álbum Jeremy Camp já fazia parte do Ministério de Louvor de sua faculdade (Escola Bíblica do Sul da Califórnia). Durante este período de sua vida, ele liderava o louvor em diferentes igrejas e reuniões de jovens que aconteciam ao redor da Califórnia.
Foi em uma dessas reuniões que ele conheceu Melissa. Ele se lembra: “Eu estava em admiração desta mulher que claramente amava a Deus.” Logo os dois se encontraram e começaram a namorar. Mas o que parecia um conto de fadas ou uma história que você provavelmente já ouviu em igrejas, se tornou em uma prova de fé que levaria Camp a passar a maioria de seu tempo sentando ao lado de uma cama de hospital. Melissa, já havia dito a Camp que eles deveriam terminar o namoro por que alguma coisa estava para acontecer.
No fundo ela já sabia que sua vida mudaria completamente. Apenas seis meses depois que Jeremy e Melissa estavam juntos, ela foi obteve um diagnóstico de câncer. Dali em diante a vida de Camp passou a ser de muita oração para que Melissa pudesse se recuperar.
Durante uma noite no hospital Melissa contou a Jeremy que ela não estava com medo de morrer, mas que gostaria que, através de sua morte, pelo menos uma pessoa pudesse vir a conhecer a Cristo. Mesmo que isso tivesse um impacto muito grande em sua vida, não era exatamente o que Camp queria ouvir naquele momento.
Dirigindo para longe do hospital, Jeremy Camp fez uma promessa um pouco estranha a Deus, dizendo: “Se Você quiser que eu me case com ela, então eu o farei”. Cinco meses depois, a saúde de Melissa havia melhorado um pouco, ela e Camp se encontraram em frente ao altar.
A história de Jeremy Camp seria uma história maravilhosa se acabasse aqui, mas Deus tinha muito mais reservado a ele. Enquanto Melissa e Camp estavam na lua de mel, o câncer começou a voltar e assim que eles haviam retornado para casa, eles descobriram que Melissa teria apenas alguns meses de vida. Durante os próximos meses Camp passou muito tempo no quarto do hospital. Ele fazia o que sabia de melhor: tocava músicas para Melissa. Durante este período Camp descobriu que a música não era mais tão importante para ele, mas sim o que ele poderia fazer com aquela música. Ele disse: “Música não é a minha vida, Cristo é a minha vida… A única coisa que realmente importa é o que fazemos para Cristo enquanto estamos aqui na terra”. E essa é a perspectiva que brilha em toda canção que ele escreve.
Enquanto estava em sua lua de mel, Camp havia escrito uma canção que se encontra em seu primeiro CD, “Walk By Faith”, que diz, “Eu acreditarei quando Você disser, sua mão me guiará por todo o caminho… Oh, eu andarei pela fé, mesmo quando eu não puder ver…” e logo depois da morte de Melissa Camp escreveu outra canção que virou número 1 nas radios americanas, “I Still Believe” (Eu Ainda Acredito). A canção fala sobre os problemas que ele enfrentou e que mesmo diante da morte de sua esposa ele acreditou em Deus, que Ele tinha um plano maior.
O desejo de Melissa foi realizado quando o álbum de Jeremy Camp saiu nas lojas, e quando ele saiu para a turnê. Durante suas viagens, Camp teve a oportunidade de compartilhar a sua história com muitas outras pessoas que estavam passando por dificuldades similares a dele. A morte de Melissa e o testemunho de Camp levaram muitas outras pessoas a conhecerem a Cristo.
Hoje ele é casado com Adrienne Leisching (ex-lider da banda Benjamin Gate). E tem uma filha com ela. Todos os álbuns chegaram a número um nas rádios americanas e até hoje Camp ainda conta sua história e como Deus permaneceu fiel a ele.

video

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Obstáculos da Adoração


Quantas vezes sentimos que a nossa adoração não passa do “teto”, enfrentamos constantemente barreiras que podem impedir a nossa adoração ao Senhor. Eu gostaria de compartilhar um pouquinho a respeito disto com você. E espero que através desta pequena meditação você possa romper em adoração ao Senhor. O mais importante de tudo é manter o foco NEle e então encontraremos sempre a vitória.

1. Pecado - O pecado é aquilo que nos torna impuros, e o mesmo não confessado impede a nossa comunhão com Deus. O pecado e a iniqüidade nos separam de Deus. (Is 59:2 Sl 15; Sl 24:3,4; Sl 66:18). Jesus pagou um preço precioso por nós na cruz, para que tivéssemos condições de nos aproximar de Deus.(Hb 10:19-22).

2. Auto-condenação - Mesmo mediante o perdão do Senhor, nem sempre é fácil aceitar este perdão por completo. Ou seja a culpa já foi retirada pelo Senhor, mas fica difícil de aceitar este perdão, continuamos a nos sentir culpados assim mesmo. Esta espécie de atitude tem sua origem no fato de alguém ser demasiadamente consciente de si mesmo, ao invés de ter a consciência de Deus. Não devemos nos esquecer de que o pecado perdoado é lançado no mar do esquecimento e que as misericórdias do Senhor triunfam sobre o juízo. (Sl 32:5; Sl 78:18; Sl 103:2,3; Hb 8:12).

3. Religiosidade - É quando oferecemos a Deus um culto sem vida e sem envolvimento de coração, algo apenas do exterior. São tradições religiosas dos homens, que colocam em uma fôrma aquilo que nasce genuinamente em Deus. A religiosidade oprime, mas a Redenção libera. (Mc 7:6-9; Is 29:13).

4. Orgulho - O orgulho se refere à: soberba, espírito independente, centralidade no “eu”, auto-suficiência, falta de humildade, concentração excessiva em si mesmo. (Sl 51:16,17; Is 57:15, Tg 4:6).

5. Mundanismo - É a condição predominante da nossa mente quando os nossos pensamentos e ações estão centralizados nas coisas deste mundo, ao invés de Deus e seu Reino. Pessoas que tem este comportamento, tem muita dificuldade de adorar a Deus, por achar que isto é embaraçoso. Porém a cura para este problema é tornar-se cada vez mais centralizado em Cristo. (Tg 1:27; 1Jo 2:15,17).

6. Temor de homens - Esta é uma grande barreira à adoração, pois, muitas vezes permitimos que as opiniões dos homens criem uma barreira e isto é uma armadilha onde muitos são apanhados. Se realmente reverenciamos o Senhor, nunca é preciso temermos ao homens. Precisamos ter sempre os nossos olhos firmados em Jesus. (Pv 29:25; Jo 12:41,42; Pv 9:10)

7. Falta de amor - O maior de todos os mandamentos está ligado ao amor a Deus, ou seja, a nossa motivação deve ser a de responder ao amor de Deus com amor. E o segundo mandamento está ligado ao amor ao nosso próximo. A Bíblia sempre enfatiza o valor e o poder do amor de Deus em nós e através de nós (1Co 13:1-3). Se dizemos que amamos a Deus e não amamos os nossos irmãos (1Jo 4:19-21,MT 5:23,24; 1Jo 4:7-10).

CONCLUSÃO:
Sempre que você tiver dificuldade de adorar ao Senhor, faça uma sondagem sincera e honesta do coração, e ore a Deus pedindo a ele que lhe revele a natureza do seu problema, o qual está restringindo ou bloqueando o fluir da adoração. Depois que isto for descoberto é necessário que haja um posicionamento de arrependimento e o abandono deste impedimento.
Continue buscando a Deus sem cessar de todo o seu coração, seja obediente ao Senhor, para que rios de adoração fluam do seu interior.

Por Christie Tristão

segunda-feira, 19 de abril de 2010

PRINCÍPIOS DECISIVOS PARA UM JOVEM QUE DESEJA INFLUENCIAR


1) O segredo do seu futuro está escondido em sua rotina diária. O que você faz diariamente determina aquilo em que você se tornará permanentemente. Homens bem sucedidos fazem diariamente o que homens fracassados fazem ocasionalmente.


2) A instrução que você segue determina o futuro que você cria.


3) O seu sucesso é decidido pelo que você está disposto a ignorar.


4) As mudanças em sua vida serão sempre proporcionais ao seu conhecimento.


5) Se você deseja algo que nunca teve, faça algo que você nunca fez.


6) Nesta vida você só será lembrado por duas coisas: pelos problemas que você resolveu ou pelos problemas que você criou.


7) Se você insistir em tomar algo que Deus não lhe deu, ele tomará de volta algo que lhe tenha dado.


8) Nunca reclame do que você permite.


9) Honra é a semente da longevidade.


10) Algo que já está em sua mão pode criar o que você deseja para o seu futuro.


11) Sua reação à Palavra de Deus é um retrato de Seu respeito para com Deus.


12) Quando as pessoas erradas são afastadas de sua vida, as coisas erradas param de acontecer.


13) Quando você ficar envolvido com o sonho de Deus ele ficará envolvido com o seu sonho.


14) A ignorância é a única arma eficaz que satanás pode usar contra você.


15) Uma fraqueza que não é dominada sempre gera uma tragédia.


16) Os campeões estão dispostos a fazer coisas que eles detestam para criar coisas que eles amam.


17) A presença de Deus é o único lugar onde sua fraqueza desaparecerá.


18) O preço da presença de Deus é o tempo.


19) Faça seu futuro tão grande que o seu passado desaparecerá.


20) Dizimo não é pagamento de uma divida, mas o reconhecimento da divida.


21) Obediência fora do comum libera favor fora do comum.


22) Uma prova de amor é o desejo de mudar.


23) O primeiro passo em direção ao sucesso é o desejo de escutar.


24) Suas reações revelam o seu caráter.


25) Uma prova de lealdade é a repugnância pela traição.


26) A pessoa mais perigosa em nossas vidas é aquela que alimentam nossas dúvidas.


27) A perda é o primeiro passo em direção à mudança.


28) Nunca espere gratidão, mas seja grato sempre.


29) Futuro fora do comum exige preparação fora do comum.


30) Quem busca a excelência, colocam excelência em tudo o que fazem.


31) A pessoa mais importante em sua vida é aquela que alimenta a sua fé.


32) Se você concorda com um rebelde, você colherá suas conseqüências.


33) Sua reação à alguém em dificuldade determinará a reação de Deus para com você.


34) O que você pode deixar para traz você dominou o que você não pode deixar dominou você.


35) Ter coragem de assumir riscos quando o empreendimento vale a pena é atitude dos vencedores (Gn 12:1-3).


36) Pessoas indispensáveis sempre sabem fazer críticas construtivas. Quando é que uma critica deixa de ser construtiva?


37) Quem tem alto estima elevada nunca busca ao seu redor o que só pode ser encontrado dentro de si mesmo.


38) Pessoas bem sucedidas não tem medo de voltar atrás quando percebe que está na direção errada.


39) Os que são dirigidos por Deus nunca dão carona em sua vida para pessoas que estão fugindo de Deus.


40) Pessoas sabias sempre avalia suas motivações antes das sua ações. (Para Deus é muito importante).


41) Os prudentes sempre evitam os atalhos. Mt 4 (Todo atalho é perigoso).


42) Sempre sai na frente as pessoas que tem iniciativa própria.


43) Os sonhadores sempre vão além daquilo que a obrigação lhe impõe.


44) Homens que fazem a diferença tem a simplicidade de uma pomba e a prudência de uma serpente.


45) Para alcançar os objetivos pré-definidos, você não pode esperar a aprovação de todos.


Pr. Josué Gonçalves

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Como Ovelhas para o Matadouro.


Por amor de ti, somos mortos todo o dia; somos reputados como ovelhas para o matadouro (Salmos 44: 22 e Romanos 8: 36)

Quando analisamos este versículo, podemos observar que nele se relacionam 3 palavras: amor – preço – sacrifício. Pagamos um preço por uma escolha que fazemos com base no amor. E todo preço envolve um sacrifício.
João 3: 16 – Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna
Este versículo exemplifica o Ministério da Reconciliação – 2 Co 5: 11 a 21.
Ou seja, Deus por nos amar escolheu (veja, amor = vontade/escolha = intenção + atitude) pôs em nós a palavra da reconciliação e para isto pagou um alto preço que foi sacrificar o seu próprio Filho.

E Jesus por sua vez, por amar o Pai obedeceu a sua vontade e se fez pecado por nós para que nele fôssemos feitos justiça de Deus (2 Co 5: 21).
A perguntar que não quer calar é: E nós ? Será que estamos dispostos a pagar um preço pela escolha que fizemos ao nos batizar por amor a Jesus ?
Quando nos batizamos gostamos de olhar para a parte agradável que é a libertação, fim da escravidão da carne, borrachão no pecado (uhuuuuu),

mas….mas…..

Batismo também é uma declaração pública e voluntária que fazemos no mundo espiritual e no dos homens de que hoje nascerá uma nova criatura com novos costumes e conseqüentemente para esta nova postura um novo tipo de sacrifício e preço a se pagar.
Muitas vezes, nós não conseguimos responder esta pergunta na prática porque sempre que falamos em preço a pagar e sacrifício, imediatamente associamos com sofrimento o qual, por sua vez nos leva a pensar em derrota/perda/desvantagem.
Normalmente, isto ocorre porque durante as nossas tribulações não conseguimos discernir a razão pela qual esta situação que é desconfortável/ruim/péssima faz todo sentido na nossa vida porque cumprirá um propósito futuro de Deus em nós.
Tem um cara sensacional e que usarei como exemplo: José

Narrarei sua história com emoção:

O pesadelo de José começa em Gênesis 37 quando seus irmãos com dores agudas nos cotovelos tentam matá-lo e depois o vendem a uma caravana que passava por ali só por causa de uma capinha colorida que ele ganhou do Papai Jacó.
No cap. 39 para transformar o pesadelo em desgraça, a mulher de Potifar (detalhe esposa do seu chefe) resolve pular a cerca com o nosso protagonista (mero funcionário para não chamá-lo de escravo) e José por sua vez faz algo extremamente raro HOJE: fugiu, caiu fora (meninas, esse é pra casar!!!).
Continuando nossa novela no cap. 40 é o momento dark total, pois, José é convidado a ver o Sol nascer quadrado e já que desgraça é pouco, o goiaba do copeiro-mor (companheiro de cela) depois de ser ajudado por ele retribui o favor só depois de 2 anos (que beleza heim ?).
Agora, a beleza de tudo isso é que nos momentos mais difíceis de José (todos), ele pagou o preço, pois, se manteve fiel ao Senhor manifestando o poder de Deus e abençoando as pessoas ao seu redor (Potifar, carcereiro, copeiro-mor, faraó, sua família).
Por que José conseguiu isto ?
Gênesis 45: 4 a 8
E disse José a seus irmãos: Peço-vos, chegai-vos a mim. E chegaram-se; então disse ele: Eu sou José vosso irmão, a quem vendeste para o Egito.Agora, pois, não vos entristeçais, nem vos pese aos vossos olhos por me haverdes vendido para cá; porque para conservação da vida, Deus me enviou adiante de vós.Porque já houve 2 anos de fome no meio da terra, e ainda restam 5 anos em que não haverá lavoura nem sega.Pelo que Deus me enviou adiante de vós, para conservar vossa sucessão na terra, e para guardar-vos em vida por um grande livramento.Assim não fostes vós que me enviaste para cá, senão Deus, que me tem posto por pai de Faraó, e por senhor de toda a sua casa, e como regente em toda a terra do Egito.
Observe que a capacidade de José ter pagado este preço se deve ao fato dele ter entendido o propósito de Deus (conservação do seu povo na terra durante o período de grande fome) em todas as situações que ele tinha passado no Egito.

E como esse exemplo se aplica as nossas vidas?

Quando nos convertemos, escolhemos por amor a Jesus seguir um novo estilo de vida, o qual não é fácil, pois, tanto sofremos pela guerra constante entre Espírito Santo x Carne, como pelo posicionamento/postura que passamos a defender perante o mundo, afinal foi nos dado não somente o crer em Cristo, mas também o padecer por ele (Filipenses 1:29).

Porém, convido a todos para não desanimar nos seus momentos José, aonde tudo parece estar dando errado, porque em Jesus vale a pena ser uma ovelha que sofre como se todos os dias fosse ao matadouro, pois,….
Rm 8:18 – Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.

Logo acrescento mais uma palavrinha à minha frase incial:
Amor – preço – sacrifício – recompensa eterna!!
Fonte>>www.naomordamaca.com

sexta-feira, 19 de março de 2010

Uma Amizade Verdadeira, por Rev. Welerson Alves Duarte


A Amizade é um bem que infelizmente tem se tornado cada vez mais difícil de ser encontrado. Muitos se chamam amigos, mas a palavra já perdeu muito de seu real significado.

A palavra amigo é cheia de significado como se pode ver pelo texto de I Sm. 18.1: ”Sucedeu que, acabando Davi de falar com Saul, a alma de Jônatas se ligou com a de Davi; e Jônatas o amou como à sua própria alma.” Esta passagem nos mostra que uma amizade verdadeira é estabelecida por um vínculo muito forte, o vínculo do amor fraternal.

I – Uma Amizade Verdadeira Pode Trazer Riscos
A amizade que nasceu no coração de Jônatas e Davi era algo tão profundo que levou Jônatas a arriscar-se em favor de seu amigo. Em I Sm 20.33 Saul tenta matá-lo por estar defendendo Davi: “Então, Saul atirou-lhe com a lança para o ferir; com isso entendeu Jônatas que, de fato, seu pai já determinara matar a Davi.” Jônatas, que parecia ter dificuldades em acreditar que seu pai ainda queria matar a Davi (I Sm 20.2: “Ele lhe respondeu: Tal não suceda; não serás morto. Meu pai não faz coisa nenhuma, nem grande nem pequena, sem primeiro me dizer; por que, pois, meu pai me ocultaria isso? Não há nada disso.”), agora tinha motivos de sobra pra crer que Saul estaria pronto a tudo para eliminar Davi, até mesmo matar seu próprio filho.

Jônatas agora sabia que se sua amizade com Davi fosse mantida ele corria risco de vida. Contudo isso não foi razão forte o suficiente para abalar aquela aliança de amor firmada entre Jônatas e Davi. Jônatas não estava disposto a abrir mão desta amizade por coisa alguma.

II – Uma Amizade Verdadeira Põe seus Interesses Pessoais em Segundo Plano.
Parece que Jônatas era o príncipe herdeiro pois Saul lhe diz que enquanto Davi vivesse nem Jônatas e nem seu reino estariam seguros (I Sm 20.31: “Pois, enquanto o filho de Jessé viver sobre a terra, nem tu estarás seguro, nem seguro o teu reino; pelo que manda busca-lo, agora, porque deve morrer.”). Davi era portanto uma ameaça a Jônatas e conseqüentemente a toda a sua posteridade já que se Davi assumisse o trono Jônatas não seria o próximo rei, seu filho não seria o príncipe herdeiro e assim por diante. No entanto, ao invés de odiar Davi e tentar eliminalo, ele o ama e protege. Eliminar Davi não seria difícil já que ele dispunha de informações privilegiadas a respeito de Davi e este confiava nele. Davi fugiria de Saul, mas não de Jônatas. Pior do que um inimigo é um falso amigo. Dizem que um sábio antigo orava pedindo a Deus que cuidasse de seus amigos pois dos inimigos ele era capaz de cuidar. Se Jônatas fosse um falso amigo, se Jônatas se deixasse levar por interesses pessoais Davi estaria
correndo serio risco. E é preciso lembrar que o interesse pessoal de que estamos falando não era uma coisa qualquer, era o trono de Israel.

Muito triste é quando se confia em alguém, o tem como amigo sincero, como irmão e se vê traído pelo mesmo ter se deixado levar por interesses, por benefícios muito menores que aquele do qual Jônatas estava abrindo mão. Infelizmente isto não é algo incomum. Jônatas sabia que pessoas valem mais que coisas, mais que posição. Para Jônatas o trono não era mais importante que a amizade de Davi.

III – Uma Amizade Verdadeira Está Firmada num Firme e Sincero Amor
Esta característica da verdadeira amizade é o vínculo da mesma. Foi o amor que moveu Jônatas a por sua vida em risco e com certeza foi um amor sincero e firme que moveu Epafrodito a viajar cerca de 2.000 Km da Macedônia a Roma para cuidar de Paulo, podendo com isso perder muito, inclusive sua própria vida, seja através de um acidente durante a
viagem, uma enfermidade contraída - o que acabou acontecendo e quase o ceifou ( Fp 2.27: Com efeito, adoeceu mortalmente; Deus, porém, se compadeceu dele e não somente dele, mas também de mim, para que eu não tivesse tristeza sobre tristeza.) – ou ainda pela condenação de Paulo.
Foi o amor que moveu tanto Jônatas quanto Epafrodito a deixar interesses pessoais para cuidar dos interesses do objeto de seu amor. Paulo em I Co. 13.4 e 5 diz o seguinte: “O amor ....... não procura os seus interesses, ....” . Isso era uma realidade na vida
destes amigos.

IV – Uma Verdadeira Amizade é Fiel
Jônatas e Davi tinham uma aliança. Em I Sm. 18.3 é dito que Davi e Jônatas fizeram aliança (“Jônatas e Davi f izeram aliança; porque Jônatas o amava como a sua própria alma”). A natureza da aliança não é aqui declarada de modo explícito, mas creio que podemos inferir ser uma aliança de amor fraternal, ou seja, uma aliança de amizade.
Uma verdadeira amizade é marcada pela fidelidade.

Conclusão
Amigo é aquele com quem podemos ser nós mesmos. Ser nós mesmos implica uma apresentação sem reservas e espontânea de si mesmo, sem o autocontrole exigido pelas regras da polidez. Li certa vez que amigo é aquele com quem se pode pensar
alto. Amizade em nossos dias, em muitos casos, significa se aproximar de alguém que pode oferecer algo. Quando não tem mais o que oferecer deixa de ser amigo e aquele que até então não era amigo mas agora tem algo a oferecer, passa a ser o amigo da vez.
Salomão fala sobre isso de modo claro em pelo menos duas passagens de Provérbios: Pv. 19.4, 6 – “As riquezas multiplicam os amigos; mas, ao pobre, o seu próprio amigo o deixa... Ao generoso, muitos o adulam, e todos são amigos do que dá presentes”.

O cachorro e o gato são interessantes ilustrações do que acabamos de dizer: Alguém já viu andarilhos ou moradores de rua com gatos? Certamente não, mas todos já os vimos com cachorros. Um cão morre de fome ao lado de seu dono, mas não o abandona, enquanto que o gato segue o primeiro que lhe oferecer comida. Vê-se que quando alguém quer ofender um falso amigo chamando-o de cachorro comete uma grande injustiça (com os cachorros, é claro).
Que tipo de amigo você tem sido e que tipo de amigos você tem ao seu redor? Que Deus faça de nós amigos de verdade e assim também nos dê amigos com quem tenhamos uma real aliança de amor fraternal.
Só pode ser amigo de verdade aquele que confia no Senhor, aquele que sabe que Deus está no controle de todas as coisas e que cuida dos seus. Em Pv. 29.25 encontramos as seguintes palavras: “Quem teme ao homem arma ciladas, mas o que confia no Senhor está seguro”. Quem confia no Senhor não precisa de armações, associações com falsas amizades pois ele tem a sua vida confiada co Senhor. Só este consegue ser amigo de verdade, sem medo
de ser traído, sem medo de ser passado pra traz, sem busca de interesses pessoais.

“Em todo tempo ama o amigo, e na angustia se faz o
irmão” Pv. 17.17



Rev. Welerson Alves Duarte